Governador Alckmin atende pedido do deputado Carlão e aumenta recursos para a assistência

Secretário Rodrigo Garcia assina hoje o documento que formaliza o aumento do valor do Fundo Estadual repassado aos Fundos Municipais


Publicado dia 21 de maio, 2012 / Publicação com 0 comentário(s)

 

O governador do Estado, Geraldo Alckmin, atendeu reivindicação do deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB) e aumentou o valor do Fundo Estadual de Assistência Social (FEAS) repassado aos Fundos Municipais. Hoje, às 10 horas, na Unip, em São José do Rio Preto, o secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Rodrigo Garcia, assina o documento que formaliza o aumento dos recursos. Devem marcar presença 134 prefeitos das regiões de Rio Preto, Fernandópolis e Araçatuba.
 
O aumento foi possível graças à criação do Piso Social Paulista, anunciado em 29 de fevereiro pelo governador Geraldo Alckmin. Trata-se de um índice de referência no valor de R$ 2,10 mensais por família, inscritas no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico) e que ganham até meio salário mínimo por pessoa.
 
Somente para a região de Rio Preto, o acréscimo será de 32,40%. Com isso, o valor total de repasse será de R$ 5,55 milhões, beneficiando cerca de 54 mil famílias. 
 
Esse aumento é uma das prioridades do deputado Carlão Pignatari, que vem reivindicando, desde sua campanha eleitoral, ao governador Alckmin e ao secretário Rodrigo Garcia, para melhorar o atendimento que as entidades presta. “É uma grande vitória porque estamos trabalhando desde o início do nosso mandato para esse aumento que há dez anos não tinha qualquer reajuste. O governador Alckmin se sensibilizou e o secretário Rodrigo Garcia vai assinar o documento hoje”, disse Carlão.
 
Em Fernandópolis, o valor total de repasse será de R$ 3,8 milhões, um acréscimo de 27,37%, que beneficiará 32 mil famílias. Na região de Araçatuba, o acréscimo será de 33,87%. Com isso, o valor total de repasse será de R$ 4,7 milhões, beneficiando 47 mil famílias. 
Em todo o Estado, o volume transferido será da ordem de R$ 180 milhões, favorecendo mais de um milhão de famílias.
 

Deixe um Comentário


INSTAGRAM